O clima esquenta em Helsinque com o desembarque intenso hoje de investidores e empreendedores de todo o planeta chegando para o SLUSH. Alguns chegam em alto estilo, em voos exclusivos do evento, como o que trouxe a delegação do Vale do Silício na Califórnia.

E, em preparação para o início do megaevento, que ocorre na 5a e 6a em Helsinque – Finlândia, a delegação formada por empresários e experts brasileiros prosseguiu nesta quarta-feira em atividades voltadas ao empreendedorismo de alta performance.

Em sequência à agenda iniciada ontem, o grupo teve encontros em duas trilhas temáticas complementares.

A primeira delas, apresentada pelo Diretor Executivo da FIBAN, Sr. Claes Mikko Nilsen, foi voltada à compreensão do bem-sucedido ecossistema de investimento da Finlândia, notadamente dedicado ao investimento anjo. Apresentando impressionantes números, a FIBAN se firmou como um ponto de convergência para o co-investimento e a formação de sindicatos de investidores para a aplicação conjunta de recursos em Scale-ups de alto potencial.

A FIBAN informou que, em 2016, €53 milhões foram investidos como capital anjo em 324 empresas, o que representou um crescimento de 43% sobre o ano anterior. Já o investimento total finlandês em startups somou o total de €383 milhões em 2016. O investimento médio por anjo e por round foi de 20.000 €, equivalentes a uma média de 2% das ações da empresa investida. Os setores mais procurados pelos investidores foram: Serviços, Fintech, mídia and marketing, e Healthtech.

Na sequência desta reunião, parte da delegação participou do evento de aquecimento para investidores. O encontro foi realizado no Centro Cultural Korjaamo, local simbólico em que ocorreu a primeira edição do SLUSH em 2008. Nesta etapa, palestras e mesas redondas tiveram o papel de promover cooperação e a troca de experiências entre os investidores, de forma a melhor aproveitarem o evento a se iniciar amanhã.

E, enquanto parte da delegação se reunia no Centro Korjaamo, outros optaram por participar de uma visita muito especial: conhecer o Centro de Inovação, Desenvolvimento, Design e Produção da SUUNTO, empresa finlandesa líder global em “wearables”, ou seja, equipamentos digitais esportivos, como relógios, computadores de mergulho e instrumentos de precisão.

Nesta visita, puderam conhecer a fábrica de algumas das linhas de produtos da empresa, e também tiveram a oportunidade de entender com gestores da SUUNTO como são implementadas as fases de concepção, desenvolvimento, branding e comercialização de seus inovadores produtos.

Com dois dias de trabalho intenso já consolidados pela delegação brasileira, o grupo segue amanhã para a principal etapa da agenda desta Missão: mergulhar no SLUSH, principal evento global de investimentos em startups e empreendedorismo de alto impacto!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor coloque aqui o seu Nome