O EDIT promete ser o futuro do automóvel

A OSVehicle, criadora do carro elétrico "open source", lança agora o 1º carro autônomo modular

0
607

Após apresentar seu primeiro modelo, o TABBY EVO, no evento Y Combinator (W16) no Vale do Silício, o empreendedor Tin Yang Liu e sua irmã Yuki Liu tiveram sua rotina alterada. Além do capital inicial de estímulo para a sua iniciativa, receberam milhares de perguntas e contatos vindos de todas as partes do planeta. Afinal, produzir o 1º carro elétrico “open source” (ou de padrão aberto) foi realmente algo marcante.

Porém, apesar de sua simplicidade, o TABBY EVO despertou grande entusiasmo no mercado, iniciando uma revolução que empoderou diversos outros empreendedores a iniciarem suas próprias empresas de veículos elétricos usando a plataforma aberta pela OSVehicle. Mas os irmãos Liu queriam mais!

Ainda em 2016, começaram a trabalhar sigilosamente em um novo projeto, aproveitando todas as informações e interações que receberam nas conversas planeta afora. Entenderam que, para muitas pequenas empresas e startups, o desejo de entrar na nova indústria da mobilidade precisava acontecer por meio de soluções que não pudessem ser feitas pelas grandes montadoras.

Porém, barreiras surgiram:

  • para muitos, o tempo de ida ao mercado era muito longo, mesmo com a redução pela metade proporcionada pelo TABBY EVO;
  • o investimento de alguns milhões de dólares era um impeditivo;
  • a customização do veículo é uma necessidade, não apenas para consolidação de marcas específicas (“branding”), mas também para a adição de características específicas para determinados mercados e para os avanços dos veículos autônomos e conectados;
  • Serviços estão crescendo, mas a maioria dos serviços relacionados a transporte passam por enorme esforço que recupere a sustentabilidade financeira e ambiental do setor, visto que utilizam veículos tradicionais e não concebidos para seus serviços específicos, que, em vários casos, se quebram em menos de 2 anos de uso intenso;
  • as startups de veículos autônomos se desdobram em engenharias reversas e integrações de inovações visando eficiência de custos para os atuais modelos de veículos disponíveis no mercado.

A solução?  O OSVehicle ‘EDIT’!

Prometendo ser o futuro da indústria automobilística, o EDIT é um veículo autorizado a rodar em vias públicas. Foi desenhado e desenvolvido na Itália voltado à prestação de serviços, com uma plataforma inteiramente modular, o que permite enorme adaptabilidade dos veículos a situações diversas de uso. Além disso, a plataforma modular permite que os veículos sejam considerados “à prova do futuro”, visto que poderão sofrer consertos e reparos, ou incorporar novas funcionalidades e partes sem que se necessite trocar todo o carro.

O EDIT já nasce com dirigibilidade autônoma em nível 5 – ou seja, aquela em que não há nenhuma necessidade de intervenção humana – e prometem uma longevidade 10 vezes maior que os veículos tradicionais, além de poderem operar 24 horas por dia, o que otimiza os custos operacionais e torna os serviços logísticos mais eficientes.

Segundo a OSVehicle, o EDIT é customizável, modular, atualizável. Feito para durar.

Portanto, dê boas-vindas ao ‘EDIT’!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor coloque aqui o seu Nome